© Paulo Abreu e Lima

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Bebe mais Ponsardin, menina...

Os anjos não têm costas, nem asas que lhes valham contra cóleras de morcegos. Os que, por mau hábito e preguiça, habitam as cabecinhas fraquinhas, mais dadas às obsessões nocturnas em toadas holísticas. Os anjos, menina, são luzes muito fortes que iluminam mais veredas e grutas que algum dia anelaste cogitar, mas também são peças maciças, lustrosas e pesadas, de cores claras de lalique francês, que te focam milimetricamente por onde quer que ouses passar. Felizmente não têm memória, nem santa oratória: perfeito, não reclamam afectos nem enfeites. Podem, contudo, ser tudo – serafins, querubins ou até arcanjos –, mas não passam de mensageiros celestiais cujos planos superiores não vão muito além de uma flute de champagne. Bebe, pois, mais Ponsardin, menina, e de um só trago afoga todos os teus males. Todos mesmo, menos a flute, a flauta, que ali por Hamelin ainda alguém dela pode necessitar.



16 comentários:

  1. Muito bonito, sem dúvida, como todos os seus posts (adoro a foto!), mas também implacável, de certo modo.
    Parece um recado, ou será, talvez,um "post cirurgicamente direccionado" ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Implacável nada, Isabel. Só detesto maniqueísmos. Sem direcção, nem cirurgias :)

      Obrigado, beijinhos...

      Eliminar
  2. Andas inspirado, Paulo!

    Fizeste-me sede...mas só tenho cerveja no frigorífico...!

    Bjo ( de fim de semana)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ando inspirado, Virgínia? Mas não tenho escrito nada!

      Beba Ponsardin, Amiga, que esta vida, mais dia menos dia, para todos, vai acabar...

      Beijos, até amanhã :)

      Eliminar
  3. Paulo, passe pelo meu blog...deixei-lhe um recado ;) Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recado recebido e respondido, obrigado ;)

      Eliminar
  4. Meu caro Paulo
    Por mais estranho que pareça duas pessoas podem fazer o mesmo caminho em sentidos diferentes. Um dia cruzam-se. Olham-se. Podem parar. Falar. Prosseguir a sua rota e lembrar. Podem decidir prosseguir rota comum e ficarem felizes. Até que, um dia, um diz:"enganei-me, não é este o meu percurso". Olham-se. Param. Despedem-se. E sorriem.
    Seguem os seus caminhos próprios. Fica a terna lembrança do percurso comum. Ou fica a mágoa, a desrazão, o queixume. O "não valeu a pena".
    Nada acontece por acaso. Tudo vale, sempre, um pouco a pena...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha cara Helena,

      Verdade, tudo vale a pena. Nem que por travessas vias se confirme ou infirme o que quer que seja. Agora, "mágoa" e "queixume": Não! A vida é tão precária (uns chamam-lhe curta), que perpectuá-los é já nem sequer ter pena da sua exígua condição... Bebamos, pois!

      Eliminar
    2. Concordo quanto ao queixume. A mágoa nalgumas pessoas demora mais.
      A mágoa pressupõe que o outro "ainda" não esqueceu. Isso é que não vale rigorosamente a pena. Como diz a vida é demasiado curta para lá caberem as mágoas por muito tempo. Farto-me de dizer isso!

      Eliminar
  5. Hoje ia bem um Ponsardin, Paulo...

    ( E as tuas palavras, essas, ficam sempre bem e em qualquer lugar. Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai sempre bem, CF...

      (pá, isso já é exagero. Outro :)

      Eliminar
  6. QUERIDO PAULO

    Fizeram desaparecer o meu blogue.

    Peço-te que me ajudes a recuperá-lo, tu que sabes de tudo.

    É que , nem com Ponsardin isto vai....

    Se quiseres telefona-me.

    Bjo e obrigada.

    ResponderEliminar
  7. No caso de não postar mais nada até ao natal - e porque já falta pouco - venho aqui deixar-lhe os meus votos de uma boa quadra natalícia, Paulo. Obrigada e parabéns pela simpatia e boa disposição e desejo-lhe boas melhoras, no caso de ainda não estar bem. Um excelente ano para si e que possa continuar a inspirar-nos e a deixar boas vibrações por onde passa:) Beijos festivos e abraços não menos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, querida Fátima. Votos de Natal Feliz :)

      Eliminar